Presa no jogo da comparação




Ultimamente não me sinto inspirada para gravar nem para escrever. Tento pensado em ideias para vídeos e posts mas parece que nada me ocorre. Como consequência sinto-me impotente e desmoralizada. Toda esta falta de inspiração surgiu por parte do pouco feedback e pelo cansaço rotineiro. Com isto, não me estou a queixar, calma! Como eu sou o tipo de pessoa que "metade do copo está sempre cheio" reflecti sobre a pressão que aplico ao comparar me aos outros e partilhar-vos a minha reflexão.

Verdade seja dita, pelo menos uma vez na vida todos já se compararam com outra pessoa ( nem que seja inconscientemente).
Um dia estava a ver a ver as  fotos do meu instagram e pensei: " Estas fotos estão realmente boas, mas será que sou eu a 100%, será que sou eu ou é aquela que quero ser?" Na busca de impressionar, coloca-mos filtros, ajustamos a luminosidade, cortamos o que "não interessa",.. Mas será que tudo isso é real?
Ainda mais recentemente, observei pessoas no Instagram a publicarem fotos da forma mais luxuosa, na praia, em poses invejáveis e com um por do sol fantástico como fundo, e eu pensei " Okay! Definitivamente eu nunca conseguirei uma foto assim! Que espetáculo de foto!" . Inconscientemente estava a comparar-me! Será que a tal dita foto retratava o real? Então porque estaria eu a comparar-me? Porque estaria a colocar pressão em mim sem necessidade?
Comparadamente com as fotos e vídeos que faço parece que a minha vida é super tranquila e que não sofro com nenhum stress, mas isso não é real! Neste momento são 17:06 e eu estou vestida com roupa confortável, sentada á mesa, a escrever no computador e com o cabelo todo despenteado por ter praticado exercício na parte da manhã. Antes de estar aqui a escrever estive a lavar louça e a organizar a casa. Eu sou real e por isso faço atividades reais.
É facil cair-mos no jogo da comparação e criticar-mos a nossa vida baseada com meros reflexos da vida de outros. Nunca julguem só pelas aparências ou por fotos/ vídeos. Os media só apresentam o bonito mas nem sempre o real. 
Nunca se comparem a outros. Sejam gratos por tudo o vocês tem e por tudo o que poderão conquistar.

Espero que estas minhas palavras vos tenham inspirado de certa forma, principalmente quem as precisa de "ouvir" neste momento.  Nunca desistam dos vossos sonhos e nunca deixem de lutar por aquilo que acreditam!

Beijinhos,

Gabriela Francisco

0 Comentários